Romance coletivo

Moderator: Luís

User avatar
oho
Posts: 143
Joined: 2020-11-05, 6:48

Romance coletivo

Postby oho » 2020-11-16, 19:35

A regra é bastante simple. Cada partecipante tem de escrever um parágrafo ou mais e fazer con que seja uma história coerente com os parágrafos precedentes. Vou começar:

O planeta Suvol era o quarto planeta do seu sistema solar. A sua estela emanava uma luz fraca e azulinha que iluminava vagamente o planeta. Mais de 400 nações compunham esse mundo, uma dessas era Innon, regida por uma grande monarquia que afundava as suas raizes longe na neblina da história ancestral do planeta. Hoje, o terçeiro dia do mês de Arvuh, acontecia a coroação do novo rei, Dhutti XXXIV, um rapaz de somente 17 anos que estava para tornar-se no rei de mais de 150 milhões de pessoas, as quais íam considerá-lo o guia político e esperitual da nação, reencarnação do Deus Ytt. A catedral onde a cerimônia ía realizar-se era cheia da nobreza de todas as nações de Suvol, somente o Sumo Sacerdote ainda faltava e sem ele a cerimônia não podia começar...
Watch where the branches of the willows bend
See where the waters of the rivers tend
Graves in the rock, cradles in the sand
Every land is the holy land

Here was the battle to the bitter end
Here's where the enemy killed the friend
Blood on the rock, tears on the sand
Every land is the holy land

Willow by the water bending in the wind
Bent till it's broken and it will not stand
Listen to the word the messengers send
Life like the broken rock, death like the sand
Every land is the holy land

User avatar
Osias
Posts: 9080
Joined: 2007-09-09, 17:38
Real Name: Osias Junior
Gender: male
Location: Vitória
Country: BR Brazil (Brasil)
Contact:

Re: Romance coletivo

Postby Osias » 2020-11-17, 1:17

oho wrote:A regra é bastante simples. Cada partecipante tem de escrever um parágrafo ou mais e fazer com que seja uma história coerente com os parágrafos precedentes. Vou começar:

O planeta Suvol era o quarto planeta do seu sistema solar. A sua estela emanava uma luz fraca e azulzinha que iluminava vagamente o planeta. Mais de 400 nações compunham esse mundo, uma dessas era Innon, regida por uma grande monarquia que afundava as suas raízes longe na neblina da história ancestral do planeta. Hoje, o terceiro dia do mês de Arvuh, acontecia a coroação do novo rei, Dhutti XXXIV, um rapaz de somente 17 anos que estava para tornar-se o rei de mais de 150 milhões de pessoas, as quais iam considerá-lo o guia político e espiritual da nação, reencarnação do Deus Ytt. A catedral onde a cerimônia ia realizar-se era cheia da nobreza de todas as nações de Suvol, somente o Sumo Sacerdote ainda faltava e sem ele a cerimônia não podia começar...


Já deve existir um tópico assim neste fórum cujas raízes foram fincadas há séculos nas brumas da história ancestral da Internet mas que se dane, lá vou eu:
Last edited by Osias on 2020-11-17, 1:23, edited 1 time in total.
2017 est l'année du (fr) et de l'(de) pour moi. Parle avec moi en eux, s'il te plait.

User avatar
Osias
Posts: 9080
Joined: 2007-09-09, 17:38
Real Name: Osias Junior
Gender: male
Location: Vitória
Country: BR Brazil (Brasil)
Contact:

Re: Romance coletivo

Postby Osias » 2020-11-17, 1:28

Enquanto ajeitava a gravata diante do espelho de seu camarim antes da coroação, o jovem rei reparou num bilhete deixado ali provavelmente por alguém da criadagem. Abriu e leu: "não seja coroado hoje, a Confederação Neokrulkuzzcanazissta do Eixo do Mal e Outras Coisas Feias está planejando um atentado." O jovem futuro rei riu alto. Aquele era o nome que seu grupo de amigos de infância criou para pregar peças e zoar os professores com fake news absurdas. Porém interrompeu a risada quando percebeu que devia ser impossível um bilhete como aqueles ter sido introduzido ali.
2017 est l'année du (fr) et de l'(de) pour moi. Parle avec moi en eux, s'il te plait.

User avatar
oho
Posts: 143
Joined: 2020-11-05, 6:48

Re: Romance coletivo

Postby oho » 2020-11-17, 9:12

O futuro rei não sabia o que fazer. A situação lhe parecia surreal. Uma parte de si lhe dizia de acreditar no bilhete, por outro lado, tinha cumprir-se uma ceremônia milenar, todas as casas mais ilustres de Suvol já estavam presentes, e refutar-se ao seu dever, haveria trazido uma incalculável vergonha sobre a sua dinastia.

Tentou esquecer o bilhete e pisou os corredores que traziam do seu palácio até a catedral. Percorreu a nave central da igreja, ladeada pelos nobres de Suvol que o enxergavam enquanto caminhava até o trono. Subiu as escadas que conduziam ao trono e sentou-se. Somente naquele momento se deu conta de que o Sumo Sacerdote ainda faltava...
Watch where the branches of the willows bend
See where the waters of the rivers tend
Graves in the rock, cradles in the sand
Every land is the holy land

Here was the battle to the bitter end
Here's where the enemy killed the friend
Blood on the rock, tears on the sand
Every land is the holy land

Willow by the water bending in the wind
Bent till it's broken and it will not stand
Listen to the word the messengers send
Life like the broken rock, death like the sand
Every land is the holy land

User avatar
Osias
Posts: 9080
Joined: 2007-09-09, 17:38
Real Name: Osias Junior
Gender: male
Location: Vitória
Country: BR Brazil (Brasil)
Contact:

Re: Romance coletivo

Postby Osias » 2020-11-26, 15:09

Mais um caso de 'deu pau no fórum e marcou a mensagem como lida sem eu ler'.
Acho.

oho wrote:O futuro rei não sabia o que fazer. A situação lhe parecia surreal. Uma parte de si lhe dizia para acreditar no bilhete. Por outro lado, tinha que cumprir-se uma cerimônia milenar, todas as casas mais ilustres de Suvol já estavam presentes, e recusar seu dever haveria trazido uma incalculável vergonha sobre a sua dinastia.

Tentou esquecer o bilhete e pisou os corredores que levavam do seu palácio até a catedral. Percorreu a nave central da igreja, ladeada pelos nobres de Suvol que o enxergavam enquanto caminhava até o trono. Subiu as escadas que conduziam ao trono e sentou-se. Somente naquele momento se deu conta de que o Sumo Sacerdote ainda faltava...
2017 est l'année du (fr) et de l'(de) pour moi. Parle avec moi en eux, s'il te plait.


Return to “Portuguese (Português)”

Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 1 guest