Stawrberry - Português

Moderator: Luís

sergiolopes
Posts: 1007
Joined: 2006-08-11, 18:08
Gender: male
Country: PT Portugal (Portugal)

Re: Stawrberry - Português

Postby sergiolopes » 2010-09-11, 23:24

Luís wrote:Não percebo exactamente o que queres dizer com "estudo" aqui.... degree = curso, course/class = disciplina, cadeira.

Ela quer dizer curso (influência do holandês studie, creio :) ).

Luís wrote:Em Portugal o ano lectivo está dividido em períodos (3) até ao ensino secundário e em semestres na faculdade. O conceito de semestre não tem de corresponder exactamente a seis meses, até porque há que contar com as férias. Na minha faculdade um semestre correspondia a cerca de três meses de aulas e um de exames, por exemplo. Divisões por trimestres penso que não são muito comuns nas universidades portuguesas, mas se o são na Holanda há que ter isso em consideração ;)

Uma das escolas do Politécnico do Porto tem cursos com organização trimestral. Aliás, além das cadeiras que pertencem exclusivamente a um dos quatro semestres, há aquelas que são do 1º e 2º, do 2º e 3º, etc. :ohwell:
"Books permit us to voyage through time, to tap the wisdom of our ancestors."

Native speaker of Portuguese, who's fluent in English, intermediate in Spanish and has some passive knowledge of French. My passion is Greek, which I study along with Dutch. I dream of one day being fluent in Icelandic.

User avatar
Axystos
Posts: 2057
Joined: 2002-06-25, 18:39
Real Name: Marc
Gender: male
Location: Dutchman living in Germany

Re: Stawrberry - Português

Postby Axystos » 2010-09-28, 16:00

Stawrberry wrote:Estou a pensar em aprender turco, porque aqui na Holanda moram muitos turcos. É irritante ouvir turco por todo lado e não entender nada. No liceu e no trabalho, alguns turcos até falam em turco quando estão com holandeses. O problema é que não gosto nem um bocadinho do turco... o que vocês acham? Já tentaram apender uma língua de que não gostaram?

Já decidiste? :)
Eu não aprenderia uma lingua de que não gosto. Para mim, aprender linguas è um passatempo, não uma necessidade, então faço só de que gosto. :)
Native: Nederlands; C2: Deutsch; C1: English;
B1: русский, français, 日本語;
A2: norsk, svenska; A1: português, italiano, español, čeština, polski

Stawrberry
Posts: 906
Joined: 2008-06-09, 16:00

Re: Stawrberry - Português

Postby Stawrberry » 2010-09-28, 17:13

Ainda não. Por mim, aprender turco não é uma necessidade, mas um ''luxo'', por assim dizer. :)

Nog niet. Voor mij is Turks leren geen noodzaak, maar een luxe, zogezegd. :)

sergiolopes
Posts: 1007
Joined: 2006-08-11, 18:08
Gender: male
Country: PT Portugal (Portugal)

Re: Stawrberry - Português

Postby sergiolopes » 2010-09-28, 22:06

Axystos wrote:Já decidiste? :)
Eu não aprenderia uma língua de que não gostasse. Para mim, aprender línguas é um passatempo, não uma necessidade, então faço só o que gosto. :)


Stawrberry wrote:Ainda não. Por mim, aprender turco não é uma necessidade, mas um ''luxo'', por assim dizer. :)

Nog niet. Voor mij is Turks leren geen noodzaak, maar een luxe, zogezegd. :)

Perfeito, nenhum erro. :) E fica a saber que se começares a aprender turco, deixo de falar contigo! :P
"Books permit us to voyage through time, to tap the wisdom of our ancestors."

Native speaker of Portuguese, who's fluent in English, intermediate in Spanish and has some passive knowledge of French. My passion is Greek, which I study along with Dutch. I dream of one day being fluent in Icelandic.

Stawrberry
Posts: 906
Joined: 2008-06-09, 16:00

Re: Stawrberry - Português

Postby Stawrberry » 2010-10-12, 16:55

Ando muito ocupada com escola, então turco fica para o futuro distante. :P

Hoje na aula de português a minha professora estava a ensinar algumas partes do corpo e também ensinou a parte ''cotovelo''. Ela disse que ''ter dor de cotovelo'' significa ''ter ciúmes''. Pergunto-me por que razão o cotovelo ficou relacionado com ciúmes. Talvez alguém saiba?

sergiolopes
Posts: 1007
Joined: 2006-08-11, 18:08
Gender: male
Country: PT Portugal (Portugal)

Re: Stawrberry - Português

Postby sergiolopes » 2010-10-12, 17:07

Stawrberry wrote:Ando muito ocupada com a escola, então turco fica para o futuro distante. :P

Espero que tão, tão distante que tenda para o infinito. :P

Stawrberry wrote:Hoje na aula de português a minha professora estava a ensinar algumas partes do corpo e também ensinou a parte ''cotovelo''. Ela disse que ''ter dor de cotovelo'' significa ''ter ciúmes''. Pergunto-me por que razão o cotovelo ficou relacionado com ciúmes. Talvez alguém saiba?

Eu diria que é mais ter inveja do que ter ciúmes. De qualquer forma, acho que é porque uma pancada no cotovelo dói muito, tal como a inveja/ciúme à pessoa que a/o sente. :)
"Books permit us to voyage through time, to tap the wisdom of our ancestors."

Native speaker of Portuguese, who's fluent in English, intermediate in Spanish and has some passive knowledge of French. My passion is Greek, which I study along with Dutch. I dream of one day being fluent in Icelandic.

User avatar
Luís
Forum Administrator
Posts: 7780
Joined: 2002-07-12, 22:44
Location: Lisboa
Country: PT Portugal (Portugal)

Re: Stawrberry - Português

Postby Luís » 2010-10-12, 17:39

sergiolopes wrote:Eu diria que é mais ter inveja do que ter ciúmes.


Concordo. O Ciberdúvidas diz que "quando se bate com o cotovelo em algo, a dor é muito forte, pois está saliente a articulação do húmero com o cúbito. A dor de cotovelo é, portanto, muito forte, tal como o sentimento de inveja, que provoca insatisfação em que o experimenta."

Também relacionado com esta parte do corpo está a expressão "falar pelos cotovelos", que significa "falar muito".
Quot linguas calles, tot homines vales

Stawrberry
Posts: 906
Joined: 2008-06-09, 16:00

Re: Stawrberry - Português

Postby Stawrberry » 2010-10-19, 18:05

Obrigadíssima, Sérgio e Luís. Acho muito interessante. :)

Tenho outra pergunta. É comum usar a palavra ''sê'' (o imperativo afirmativo de tu)? Soa perfeitamente normal ou bastante arcaico? Pergunto porque hoje na aula de português, a minha professora estava a explicar o imperativo dos alguns verbos irregulares e não mencionou ''sê''. Quando eu disse-lhe que não tinha mencionado esta conjugação, ela contou-me que é uma palavra muito arcaica e actualmente só se usa por pessoas velhas e em ingrejas. Não concordei, porque já vi usado em contextos modernos. Depois ela disse que talvez seja mais comum no norte de Portugal. Ela é de Lisboa. Não sei muito de diferenças regionais de português... O que acham?

(Desculpem pelos erros, hoje não é o meu dia :()

User avatar
Luís
Forum Administrator
Posts: 7780
Joined: 2002-07-12, 22:44
Location: Lisboa
Country: PT Portugal (Portugal)

Re: Stawrberry - Português

Postby Luís » 2010-10-19, 19:35

Stawrberry wrote:Obrigadíssima, Sérgio e Luís. Acho muito interessante. :)

Tenho outra pergunta. É comum usar a palavra ''sê'' (o imperativo afirmativo de tu)? Soa perfeitamente normal ou bastante arcaico? Pergunto porque hoje na aula de português, a minha professora estava a explicar o imperativo dos de alguns verbos irregulares e não mencionou ''sê''. Quando eu lhe disse-lhe que não tinha mencionado esta conjugação, ela contou-me que é uma palavra muito arcaica e actualmente só se usa por pessoas velhas e em ingrejas. Não concordei, porque já vi usado em contextos modernos. Depois ela disse que talvez seja mais comum no norte de Portugal. Ela é de Lisboa. Não sei muito de diferenças regionais de português... O que acham?

(Desculpem pelos erros, hoje não é o meu dia :()


Eu sou de Lisboa e também não concordo. Embora o imperativo afirmativo na 2ª pessoa do singular não seja tão comum como a sua negação, dificilmente se pode dizer que é "arcaico" ou que só se usa "por pessoas velhas e em igrejas".

Alguns exemplos de uso comum:

Vá lá, sê sincero, foste tu que fizeste aquilo?
Vá, sê rápido que ainda tenho muito que fazer hoje!
Sê feliz!
Sê tu próprio/mesmo!
Sê dono da tua vida, não te deixes influenciar por eles...
Sê mais tolerante, não julgues as aparências.
Sê um querido e faz-me este grande favor.
Sê forte, não te deixes ir abaixo!

ou

Image

(claramente são pessoas idosas e religiosas na imagem)

;)
Quot linguas calles, tot homines vales

sergiolopes
Posts: 1007
Joined: 2006-08-11, 18:08
Gender: male
Country: PT Portugal (Portugal)

Re: Stawrberry - Português

Postby sergiolopes » 2010-10-20, 8:54

Já tive a oportunidade de te dizer o que penso sobre isso, por isso não vale a pena repetir-me até porque as palavras que me vêm à mente não são apropriadas para usar aqui... ;)

Acho que devias imprimir essa imagem do Luís e mostrar à tua professora (mas em privado, não queres humilhar publicamente a pessoa que te vai dar notas :P)!
"Books permit us to voyage through time, to tap the wisdom of our ancestors."

Native speaker of Portuguese, who's fluent in English, intermediate in Spanish and has some passive knowledge of French. My passion is Greek, which I study along with Dutch. I dream of one day being fluent in Icelandic.

Stawrberry
Posts: 906
Joined: 2008-06-09, 16:00

Re: Stawrberry - Português

Postby Stawrberry » 2010-10-21, 17:07

Antes do início da aula hoje, a minha professora veio falar comigo porque eu lhe tinha prometido que ia perguntar a outros portugueses sobre este assunto. :) Disse-lhe que os lisboetas que conheço não acham que ''sê'' é arcaico e que usam ''sê''. Depois de ouvir isto, ela disse que a palavra é formal, em vez de arcaico. Inspirada pelo Sérgio, mostrei-lhe a imagem que o Luís pôs aqui, mas ela ainda não admitiu. Oh well. :)

sergiolopes
Posts: 1007
Joined: 2006-08-11, 18:08
Gender: male
Country: PT Portugal (Portugal)

Re: Stawrberry - Português

Postby sergiolopes » 2010-10-21, 20:09

Stawrberry wrote:Antes do início da aula hoje, a minha professora veio falar comigo porque eu lhe tinha prometido que ia perguntar a outros portugueses sobre este assunto. :) Disse-lhe que os lisboetas que conheço não acham que ''sê'' é seja arcaico e que usam ''sê''. Depois de ouvir isto, ela disse que a palavra é formal, em vez de arcaica. Inspirada pelo Sérgio, mostrei-lhe a imagem que o Luís pôs aqui, mas ela ainda não admitiu. Oh well. :)


Teachers will be teachers. Na Holanda como em Portugal, ainda está para nascer um professor que admita estar errado. :P
"Books permit us to voyage through time, to tap the wisdom of our ancestors."

Native speaker of Portuguese, who's fluent in English, intermediate in Spanish and has some passive knowledge of French. My passion is Greek, which I study along with Dutch. I dream of one day being fluent in Icelandic.

Stawrberry
Posts: 906
Joined: 2008-06-09, 16:00

Re: Stawrberry - Português

Postby Stawrberry » 2010-10-26, 16:07

Como se diz curfew em português? E como é que posso dizer ''There is a curfew in force...''? :)

sergiolopes
Posts: 1007
Joined: 2006-08-11, 18:08
Gender: male
Country: PT Portugal (Portugal)

Re: Stawrberry - Português

Postby sergiolopes » 2010-10-26, 16:55

Stawrberry wrote:Como se diz curfew em português? E como é que posso dizer ''There is a curfew in force...''? :)

Curfew é recolher obrigatório, mas não é muito comum usar para designar a hora a que os filhos têm que voltar para casa (como fazem os americanos, por exemplo).
Quanto a "There is a curfew in force" pode ser traduzido como "Existe um recolher obrigatório", "A cidade X está sob recolher obrigatório", etc. Depende muito do que queres dizer exactamente. :)
"Books permit us to voyage through time, to tap the wisdom of our ancestors."

Native speaker of Portuguese, who's fluent in English, intermediate in Spanish and has some passive knowledge of French. My passion is Greek, which I study along with Dutch. I dream of one day being fluent in Icelandic.

Stawrberry
Posts: 906
Joined: 2008-06-09, 16:00

Re: Stawrberry - Português

Postby Stawrberry » 2010-12-10, 0:15

Obrigada, Sérgio.

Estou a ler um livro como trabalho de casa e há algumas palavras e frases que não entendo. Alguém pode ajudar-me? :blush:

-nesga (''Era um tempo de ... nesga de terra que às vezes era nossa.'')
-rectangulozinho (''... aceito o rectangulozinho que ela me fornece em troca...)
-''Que é feito da vossa televisão?''
-o futuro mais que pefeito
-atolado (''Num mundo como este, à beira da poluição total, quase atolado na asneira na loucura ...'')
-baquelite (''... já não sabemos viver sem a negra secção de baquelite que comunica com o exterior...)
-Penate (''... conseguem fugir porque se trata de uma espécie de deus Penate.'')
-V. (''O que pensa V. da cibernética?'')

User avatar
Osias
Posts: 8625
Joined: 2007-09-09, 17:38
Real Name: Osias Junior
Gender: male
Location: Vitória
Country: BR Brazil (Brasil)
Contact:

Re: Stawrberry - Português

Postby Osias » 2010-12-10, 11:20

> -rectangulozinho (''... aceito o rectangulozinho que ela me fornece em troca...)
Isso deve ser coisa de Portugal, mas chuto que seria um cartão de crédito ou algo assim...

-''Que é feito da vossa televisão?''
"O que aconteceu com vossa televisão?"?

-o futuro mais que pefeito
Sem um bom contexto pra ajudar, acredito que seja um trocadilho com o tempo verbal "pretérito mais-que-perfeito" (vulgo "fizera")

-atolado (''Num mundo como este, à beira da poluição total, quase atolado na asneira na loucura ...'')
Preso na lama: http://i.olhares.com/data/big/9/99238.jpg

-baquelite (''... já não sabemos viver sem a negra secção de baquelite que comunica com o exterior...)

É uma substância que tem no revestimento de panelas ou cabos de frigideiras ou algo assim. Totalmente preta/negra: http://www.retenfix.com.br/adm/fotos/produto2002.jpg

-V. (''O que pensa V. da cibernética?'')

Abreviação de "você".

As que não respondi é porque não sei :)
2017 est l'année du (fr) et de l'(de) pour moi. Parle avec moi en eux, s'il te plait.

sergiolopes
Posts: 1007
Joined: 2006-08-11, 18:08
Gender: male
Country: PT Portugal (Portugal)

Re: Stawrberry - Português

Postby sergiolopes » 2010-12-10, 11:32

-nesga: um espaço longo e estreito (narrow)

-rectangulozinho: um rectângulo pequeno, mas acho que no teu livro significa um objecto rectangular em particular. Talvez uma televisão?

-''Que é feito da vossa televisão?'': what has become of your TV?.

-o futuro mais que perfeito: não conheço um tempo verbal com esse nome. Será apenas um jogo de palavras, uma liberdade poética?

-atolado:jammed, stalled, partially buried in mud .

-baquelite: tive que pesquisar no dicionário por esta :). É uma resina sintética, um plástico. Deve estar a referir-se a um telefone.

-Penate: talvez a Wikipedia te ajude.

-V.: Você ou, talvez, Vossemecê. Significam o mesmo, mas vossemecê é uma forma antiga, já quase não usada, normalmente reservado a pessoas de maior importância.

Acho que não me esqueci de nenhum. :)
"Books permit us to voyage through time, to tap the wisdom of our ancestors."

Native speaker of Portuguese, who's fluent in English, intermediate in Spanish and has some passive knowledge of French. My passion is Greek, which I study along with Dutch. I dream of one day being fluent in Icelandic.

User avatar
Osias
Posts: 8625
Joined: 2007-09-09, 17:38
Real Name: Osias Junior
Gender: male
Location: Vitória
Country: BR Brazil (Brasil)
Contact:

Re: Stawrberry - Português

Postby Osias » 2010-12-10, 11:40

sergiolopes wrote:-baquelite: tive que pesquisar no dicionário por esta :). É uma resina sintética, um plástico. Deve estar a referir-se a um telefone.
Veja a imagem que eu postei. Além disso, acho que não se refere a um objeto concreto, sendo apenas uma alusão à cor.
2017 est l'année du (fr) et de l'(de) pour moi. Parle avec moi en eux, s'il te plait.

sergiolopes
Posts: 1007
Joined: 2006-08-11, 18:08
Gender: male
Country: PT Portugal (Portugal)

Re: Stawrberry - Português

Postby sergiolopes » 2010-12-10, 11:57

A Stawrberry deu-nos o contexto: ''(...) já não sabemos viver sem a negra secção de baquelite que comunica com o exterior (...)". Duvido que usem panelas ou cabos de frigideira para comunicar com o exterior. :lol:
Pelo que li, a baquelite é usada em telefones ou rádios antigos, pelo que é de certeza um destes dois objectos.
"Books permit us to voyage through time, to tap the wisdom of our ancestors."

Native speaker of Portuguese, who's fluent in English, intermediate in Spanish and has some passive knowledge of French. My passion is Greek, which I study along with Dutch. I dream of one day being fluent in Icelandic.

User avatar
Osias
Posts: 8625
Joined: 2007-09-09, 17:38
Real Name: Osias Junior
Gender: male
Location: Vitória
Country: BR Brazil (Brasil)
Contact:

Re: Stawrberry - Português

Postby Osias » 2010-12-10, 11:59

sergiolopes wrote:A Stawrberry deu-nos o contexto: ''(...) já não sabemos viver sem a negra secção de baquelite que comunica com o exterior (...)". Duvido que usem panelas ou cabos de frigideira para comunicar com o exterior. :lol:
Pelo que li, a baquelite é usada em telefones ou rádios antigos, pelo que é de certeza um destes dois objectos.
oohhh, agora entendi o que você quis dizer... é...
2017 est l'année du (fr) et de l'(de) pour moi. Parle avec moi en eux, s'il te plait.


Return to “Portuguese (Português)”

Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 1 guest